O que é necessário para gerar um backup?

Versão para impressãoEnviar para amigoVersão PDF

O backup do banco de dados é uma das coisas mais importantes para um DBA. É preciso sempre ter muita, mas muita certeza de que tudo está sendo gerado corretamente e na freqüência correta para que nunca aconteça de você precisar dele e então descobrir que ele falhou na noite anterior ou o a fita está corrompida.

Portanto, primeiro defina aonde será o destino do seu backup e se este destino é confiável.
Uma opção que uso é gerar o backup em um disco remoto, verificar se tudo está ok e então envia-lo para fitas. É um método de procedimento que considero seguro e flexível. Pode não ser o mais rápido, porém como eu sou o responsável e é meu emprego e reputação que está em jogo, não gosto de brincar com o azar ou Lei de Murphy.

Analise e sempre acompanhe o crescimento do backup para não ser pego de surpresa por falta de espaço.
A geração do backup exige muito I/O, afinal é preciso ler todos os dados. Então sempre programe ele para ser executado em horários que a instancia/maquina não estejam sendo muito exigidas pelos usuários.
Se utilizado recursos de compactação , encriptação ou acesso remoto a maquinas compartilhadas você também terá de prever uma boa utilização de processamento.

Minha recomendação pessoal é: sempre que possível faça a geração do backup diretamente para um meio fisico diferente de onde o banco de dados está. Por exemplo: Em uma outra maquina que possui uma área compartilhada e utilize um storage diferente de onde está o banco. Sempre faça o backup de seus logical logs no modo automático. Para finalizar, se considerar necessário programe certos horários para forçar a geração do backup do logical log.

A alguns anos a configuração mais comum na maioria dos ambientes Informix eram maquinas com dois drives de fitas, uma para o backup fisico e outro para o backup lógico, onde muitas vezes são utilizados em paralelo.
Esta solução pode ser utilizada ainda hoje, o unico problema que vejo é a garantida da durabilidade e qualidade das fitas, onde o dados são salvos e tudo parece funcionar a "mil maravilhas", mas ao tentar ler os dados poderá ter uma péssima surpresa.
Comentário pessoal: Já me previni várias vezes de chegar nesta situação realizando de tempos em tempos testes nas fitas onde o backup era salvo, até que chegamos ao ponto de descartar as fitas por serem muito inseguras e corromperem os dados constantemente.

Lembre-se de que o backup gerado pelo ontape/onbar é apenas dos dados. Você também precisará criar outros meios de copiar todo ambiente onde ele se encontra:

  • Arquivos de configuração do Informix: ONCONFIG , SQLHOSTS, configuração das variaveis de ambiente, outros arquivos de segurança,auditoria,connection manager (se utilizado).
  • Se utilizado onbar, todos os arquivos de configurações do mesmo.
  • Arquivos de configuração do S.O: usuários, hosts, rede, serviços/portas
  • Arquivos de configuração dos Volumes/Logical/Physical Groups, se utilizados.
  • Lista de Patchs utilizados no S.O.
  • Gerar checksum (md5sum, cksum, sha) dos arquivos de backup e logs.
Talvez alguns itens não sejam de responsabilidade do DBA e sim do Administrador do S.O. porém como você irá depender disso, solicite a ele estes backups.

4
Média: 4 (1 vote)
Sua avaliação: Nenhum
Tags:

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Você pode usar tags BBCode no texto.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Este teste é para bloquear programas automatizados e previnir spams
CAPTCHA de Imagem
Digite o texto exibido na imagem.