Cuidados ao administrar banco de dados com HDR ativo

Versão para impressãoEnviar para amigoVersão PDF

Serv1 = servidor/banco primário
Serv2 = servidor/banco secundário

  • Antes de executar qualquer DDL no Serv1 , parar TODAS as atividade no Serv2, retornar a atividade no Serv2 somente após o checkpoint sincronizado entre os servidores.
  • Ao adicionar um chunk, antes criar o link no servidor secundário e executar o onspaces apenas no primário, que o comando é replicado para o secundário
  • Não é possível mudar o log do banco. Portanto em manutenções que exige retirar o log, é necessário refazer o HDR restaurando o backup.
  • Alterações no Physical Log e Logical Log no Serv1 são automaticamente replicados ao Serv2, porém é preciso atualizar manualmente o onconfig do Serv2.
  • A execução do backup deve ser sempre executada no Serv1
  • As configurações de BufferPools devem ser compatíveis, por exemplo, se no Serv1 existe buffers de 2k, 4k e 6k, no Serv2 devem existir estes mesmos buffers, porém o tamanho não precisar ser necessariamente o mesmo.
  • Caso seja necessário iniciar o banco PRIMARIO rapidamente sem iniciar o HDR , no Serv1 utilizar : oninit -D (não documentado)
  • Se precisar inverter o Serv1 e Serv2, utilizar os comandos hdrmkpri.sh e hdrmksec.sh . Estes comandos utilizam o oninit -PHY ,comando não documentado que faz ignorar o Logical Recovery durante a inicialização.
  • Caso seja necessário iniciar o banco SECUNDARIO rapidamente sem iniciar o HDR, no Serv1 utilizar: oninit -S (não documentado)
  • Quando houver estouro de physcal log no fast recovery o banco utiliza a variável PLOG_OVERFLOW_PATH , que é o por default $INFORMIXDIR/tmp , redefinir se for necessário.
  • O time-out é definido na opção DRTIMEOUT, o banco faz 4 tentativas a cada N segundos definido na configuração.
  • Ver manual Administrator Guide , Cap 21. Lá possui uma lista completa.

0
Ainda não votado
Sua avaliação: Nenhum

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Você pode usar tags BBCode no texto.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Este teste é para bloquear programas automatizados e previnir spams
CAPTCHA de Imagem
Digite o texto exibido na imagem.