Licenças do Informix

Versão para impressãoEnviar para amigoVersão PDF

Todas as descrições abaixo sobre o licenciamento estão sujeitas a alteração e podem variar. Confira no site da IBM ou consulte um revendedor para confirmar as informações.

ATENÇÃO: AGORA NO DIA 25 DE MAIO DE 2010 A IBM ANUNCIOU UMA REFORMULAÇÃO TOTAL DO ESQUEMA DE LICENCIAMENTO DO INFORMIX.

A partir desta data as edições Enterprise e Workgroup foram "descontinuadas", na realidade elas foram substituidas pelas edições Ultimate e Growth onde houveram alterações nas funcionalidades (foram adicionadas mais funcionalidades) e diminuição dos preços de licenciamento.
O melhor de tudo, duas novas edições foram criadas a Ultimate-C e Innovator-C , onde ambas são 100% de graça, com opcional de contratação do suporte. No caso da versão Ultimate-C ela possui quase todos os recursos e está disponivel para as plataformas Windows e MacOS, a versão Innovator-C já suporta todas plataformas porém é bem mais restrita em seus recursos, porém ainda é uma excelente opção.

Em breve irei reescrever este artigo.

APENAS REFORÇANDO: O TEXTO ABAIXO ESTÁ DESATUALIZADO E INCOMPATIVEL COM A SITUAÇÃO ATUAL DE LICENCIAMENTO DO INFORMIX

  1. Métricas utilizadas
    1. Calculadora de PVU
  2. Descrições das licenças
  3. Resumo das licenças
  4. Exemplo
  5. Links

Métricas utilizadas


Modos e métricas de licenciamento utilizados pelo Informix:
Copiado do artigo: Compare the Informix Dynamic Server, Version 11 editions

  • Processor Value Unit (PVU) (also known as processor-based pricing) - Calculated on the number of processor cores in the physical server multiplied by the corresponding value units based on processor architecture. This could be considered an unlimited user or connection license and is usually the optimal choice when the user or session load can not be controlled or counted.
  • Authorized User - A single named user or specific individual accessing one installation of IDS on a single physical server. That authorized user can establish multiple connections to an IDS instance on the server. Each connection is for the exclusive use of that one authorized user from a single client device.
  • Concurrent Session - A single logical connection from a client device to an IDS instance on a single physical server. Each connection, whether active or not, requires a license, regardless if it comes from one client device with multiple users or a single user establishing multiple connections. The number of concurrent sessions is always counted from the client device, not at the IDS level, regardless of whether the connection occurs direct to the IDS instance or indirectly such as through application servers, connection multiplexers/concentrators, persistent connectivity layers, or any other technology inserted between the actual end-user and the IDS instance.
  • Limited Use Virtual Server (LU Virtual Server) - A single instance license for IDS-Express whether deployed virtually or "real" on a physical server. If the physical server can be partitioned (either logically or real) into separate operating environments, sometimes referred to as LPARs or virtual domains, a LU Virtual Server license is required for each domain (real or virtual) in which IDS-Express is deployed. A LU Virtual server is limited to four processor cores and 4GB of RAM.
  • Limited Use Socket (LU Socket) - Available only on IDS-Workgroup, this allows for licensing on a physical socket potentially containing multiple cores. A LU Socket license is required for each active processor socket. This licensing metric can only be used on a physical server with no more than four physical sockets. You may purchase licenses for up to four physical sockets and use up to 16 cores. The total amount of memory that can be used by instances running on these sockets and cores cannot exceed 16GB of RAM.

Calculadora de PVU


O cálculo por PVU pode variar conforme a arquitetura, para consultar quantos PVU equivale o processador utilizado por sua maquina, utilize a calculadora de PVU da IBM

APENAS REFORÇANDO: ESTE TEXTO ESTÁ DESATUALIZADO E INCOMPATIVEL COM A SITUAÇÃO ATUAL DE LICENCIAMENTO DO INFORMIX

Descrições das licenças


Para informações em português sobre o funcionamento das licenças do Informix com exemplos utilize a pagina de software license agreement da IBM. A pagina e pesquisa é toda em Ingles, mas ao exibir uma licença é possível escolher em qual lingua visualizar.
Caso queira visualizar as licenças do Informix disponibilizadas a partir de 2009 acesse aqui.

Para ilustrar, abaixo copiei partes do texto que você irá encontrar no site da IBM

Copiado do termo de licença do IDS Workgroup 11.50 publicado em 28/Maio/2009

Definições

Dispositivo Client
Um Dispositivo Client é um sistema de computador que requer a execução de uma conjunção/um conjunto de comandos, procedimentos ou aplicativos/aplicações de outro sistema de computador, geralmente denominado servidor.
...
Hot/Active Standby
Numa configuração "Hot/Active Standby", o Programa está operacional no Servidor Principal e cada Servidor "Standby/Active" atende às transações/transacções ou consultas do usuário/utilizador.
....
Por exemplo:

a) considere um ambiente com dois Servidores: um Principal com cem (100) Sessões Simultâneas na IDS Enterprise Edition e um Servidor "Hot/Active Standby" com cinquenta (50) Sessões Simultâneas. Esse ambiente deve ser licenciado para um total de cento e cinquenta (150) Sessões Simultâneas (100 no Principal e 50 no "Hot/Active Standby") na Enterprise Edition.
....
1) Métricas de Encargos

O IBM Informix Dynamic Server Enterprise Edition Unlimited Users V11.50 está disponível para licenciamento apenas com base numa métrica de encargo Processor Value Unit, conforme especificado abaixo. O IBM Informix Dynamic Server Workgroup Edition Unlimited Users V11.50 está disponível para licenciamento apenas com base numa métrica de encargo Processor Value Unit, conforme especificado abaixo. O Informix Dynamic Server Workgroup Edition Socket Option está disponível para licenciamento apenas com base numa métrica de encargo Limited Use Socket, conforme especificado abaixo ....
...
1.1) O seguinte aplica-se a qualquer versão de um Programa IBM Informix Dynamic Server Enterprise Edition V11.50 ou IBM Informix Dynamic Server Workgroup Edition V11.50 utilizado exclusivamente num ambiente de desenvolvimento.

...
1.4) Processor Value Unit (PVU) - Se o Cliente adquirir um Programa com base nesta Métrica de Encargo, os termos desta Seção/Secção aplicam-se.

"Processor Value Unit (PVU)" é uma unidade de medida através da qual o Programa pode ser licenciado. As titularidades de PVU são baseadas na tecnologia de processador (definidas da tabela PVU* por Fornecedor do Processador, Marca, Tipo e Número de Modelo). A IBM define um processador, para propósitos/fins de licenciamento baseado em PVU, como cada núcleo de processador em um chip. Cada produto de software possui um preço exclusivo por PVU. Para determinar o custo total de implementação de um produto de software individual num ambiente de hardware específico, é necessário executar as seguintes etapas:
...

APENAS REFORÇANDO: ESTE TEXTO ESTÁ DESATUALIZADO E INCOMPATIVEL COM A SITUAÇÃO ATUAL DE LICENCIAMENTO DO INFORMIX

Resumo das licenças


ATENÇÃO: Este resumo é o *meu* entendimento pessoal de como funciona as licenças, ainda estou pesquisando e entendendo as regras das licenças, portanto as informações deste item podem não estar 100% corretas. De qualquer forma, sempre consulte um revendedor IBM.
Se você encontrar alguma informação incorreta, por favor, me envie um comentário ou uma mensagem me avisando.
  • IDS Express
    É limitado para plataformas X86 ou x86-64 , rodando em Linux ou Windows, máximo de 4 GB de Shared Memory e 200 PVUs.
    Em ambientes virtualizados pode utilizar a quantidade de Cores licenciados, desde que estes Cores sejam compartilhados entre as virtualizações e o limite da Shared Memory fique em 4 GB somando todas as instancias.
    Pode-se utilizar do recurso de uma unica instancia em CLR - Continuous Log Restore sem custo adicional no modo "idle standby", onde a instância pode estar ativa mas não pode receber nenhuma conexão de usuário (nem para leitura) , porém backups podem ser feitos através dela.
    • LU Virtual Server - Virtualização com vmware, xen, etc
      Poderá executar quantas instancias quiser com limite de 8 CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciadosatravés de afinidade) e a somatória de todas as Shared Memory (SHMTOTAL) não ultrapasse 4 GB. Sem limite de conexões de usuários.
    • PVU - Processor Value Unit
      Poderá executar quantas instancias quiser com limite de 8 CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciados através de afinidade) e 4 GB de SHMTOTAL, sem limite de conexões de usuário.
    • Usuário Autorizado
      Poderá executar quantas instancias quiser com limite de 8 CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciados através de afinidade) e 4 GB de SHMTOTAL.
      O usuário autorizado é identificado por seu ID e poderá conectar apenas nas instancias deste servidor, poderá abrir quantas conexões quiser desde que a origem da conexão seja a mesma.
      Este usuario autorizado não poderá acessar outras instancias residentes em outras maquinas, para isso é necessário adquirir outra licença para estas maquinas.
      Por Exemplo: Se houver 4 usuários no sistema que trabalhem em turno diferente, dois anoite e dois durante o dia , será necessário adquirir 4 licenças, uma para cada um e cada um deles poderá realizar quantas conexões quiserem na instancia.
    • Sessão simultâneas
      Não há este tipo de licença para versão Express.
    • LU Socket
      Não há este tipo de licença para versão Express.
  • IDS Workgroup
    Possui versões para todas as plataformas, máximo de 16 GB de Shared Memory e 480 PVUs *ou* quando utilizado "LU Socket" até 4 Sockets ou 16 Cores.
    Em ambientes virtualizados pode utilizar a quantidade de Cores licenciados, desde que estes cores sejam compartilhados entre as virtualizações e o limite da Shared Memory fique em 16 GB somando todas as instancias.
    Pode-se utilizar do recurso de uma unica instancia em CLR - Continuous Log Restore, RSS - Remote Secondary Server e/ou HDR - High-Avaibilty Data Replication sem custo adicional no modo "idle standby" , onde a instância pode estar ativa mas não pode receber nenhuma conexão de usuário (nem para leitura) , porém backups podem ser feitos através dela.
    • LU Virtual Server
      Não há este tipo de licença para versão Workgroup.
    • PVU - Processor Value Unit
      Poderá executar quantas instancias quiser com limite de 16 CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciados através de afinidade) e 16 GB de SHMTOTAL, sem limite de conexões de usuário.
    • LU Socket
      Poderá executar quantas instancias quiser com limite de 16 CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciados através de afinidade) e 16 GB de SHMTOTAL, sem limite de conexões de usuário.
    • Usuário Autorizado
      Poderá executar quantas instancias quiser com limite de 16 CPUVPs (16 Cores) e 16 GB de SHMTOTAL.
      O usuário autorizado é identificado por seu ID e poderá conectar apenas nas instancias deste servidor, poderá abrir quantas conexões quiser desde que a origem da conexão seja a mesma.
      Este usuario autorizado não poderá acessar outras instancias residentes em outras maquinas, para isso é necessário adquirir outra licença para estas maquinas.
      Por Exemplo: Se houver 4 usuários no sistema que trabalhem em turno diferente, dois anoite e dois durante o dia , será necessário adquirir 4 licenças, uma para cada um e cada um deles poderá realizar quantas conexões quiserem na instancia.
    • Sessão simultâneas
      Poderá executar quantas instancias quiser com limite de 16 CPUVPs (16 Cores) e 16 GB de SHMTOTAL.
      A sessão simultânea é identificada como cada conexão lógica realizada a um instancia. Se um usuário (com mesmo ID) abre mais de uma conexão cada uma destas conexões serão contabilizadas.
      Por Exemplo: Se houver 4 usuários no sistema que trabalhem em turno diferente, dois anoite e dois durante o dia , será necessário adquirir 2 licenças considerando que cada um deles irá abrir apenas uma conexão e a conexão não irá persistir, sendo assim nunca tenha mais de 2 conexões com a instancia em momento algum. Se em algum momento for necessário manter a conexão de um usuário e em algum momento do dia totalize 3 ou mais conexões na instancia, então será necessário adquirir 3 ou mais licenças.
      Em uma maquina com mais de uma instancia configurada, deverá ser considerado a soma de conexões de todas as instancias.
  • IDS Enterprise
    Poderá executar quantas instancias quiser sem limite de CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciados através de afinidade) e sem limite de SHMTOTAL.
    Em ambientes virtualizados pode utilizar a quantidade de Cores licenciados, desde que estes cores sejam compartilhados entre as virtualizações , não há limite de Shared Memory.
    Pode-se utilizar do recurso de uma unica instancia em CLR - Continuous Log Restore, RSS - Remote Secondary Server e/ou HDR - High-Avaibilty Data Replication sem custo adicional.
    • LU Virtual Server
      Não há este tipo de licença para versão Enterprise.
    • PVU - Processor Value Unit
      Poderá executar quantas instancias quiser sem limite CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciados através de afinidade) e sem limite de SHMTOTAL, sem limite de conexões de usuário.
    • LU Socket
      Não há este tipo de licença para versão Enterprise.
    • Usuário Autorizado
      Poderá executar quantas instancias quiser sem limite CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciados através de afinidade) e sem limite de SHMTOTAL.
      O usuário autorizado é identificado por seu ID e poderá conectar apenas nas instancias deste servidor, poderá abrir quantas conexões quiser desde que a origem da conexão seja a mesma.
      Este usuario autorizado não poderá acessar outras instancias residentes em outras maquinas, para isso é necessário adquirir outra licença para estas maquinas.
      Por Exemplo: Se houver 4 usuários no sistema que trabalhem em turno diferente, dois anoite e dois durante o dia , será necessário adquirir 4 licenças, uma para cada um e cada um deles poderá realizar quantas conexões quiserem na instancia.
    • Sessão simultâneas
      Poderá executar quantas instancias quiser sem limite CPUVPs (limitando fisicamente os Cores licenciados através de afinidade) e sem limite de SHMTOTAL.
      A sessão simultânea é identificada como cada conexão lógica realizada a um instancia. Se um usuário (com mesmo ID) abre mais de uma conexão cada uma destas conexões serão contabilizadas.
      Por Exemplo: Se houver 4 usuários no sistema que trabalhem em turno diferente, dois anoite e dois durante o dia , será necessário adquirir 2 licenças considerando que cada um deles irá abrir apenas uma conexão e a conexão não irá persistir, sendo assim nunca tenha mais de 2 conexões com a instancia em momento algum. Se em algum momento for necessário manter a conexão de um usuário e em algum momento do dia totalize 3 ou mais conexões na instancia, então será necessário adquirir 3 ou mais licenças.
      Em uma maquina com mais de uma instancia configurada, deverá ser considerado a soma de conexões de todas as instancias.

APENAS REFORÇANDO: ESTE TEXTO ESTÁ DESATUALIZADO E INCOMPATIVEL COM A SITUAÇÃO ATUAL DE LICENCIAMENTO DO INFORMIX

Exemplo


Ao licenciar o Informx você terá muitas opções de como realizar este licenciamento, cabe a você e ao revendedor avaliar qual será o meio de licenciar que melhor se adapta ao seu ambiente gerando melhor custo/beneficio.
Vamos supor que precise fazer uma avaliação das opções de licenciamento para uma Maquina com processador x86 Intel Core 2 Quad com 8 GB de Memória.
Neste tipo de maquina se o Hyper Threads estiver habilidade será exibido 8 CPUs (4 cores , 2 threads per core) no Sistema Operacional principal, mas isso não afeta o calculo de PVUs que se mantém apenas na quantidade Cores, o que neste caso totalizaria em 200 PVUs (conforme a calculadora da IBM, cada Core equivale a 50 PVUs para este modelo de processador).
  • Supondo que seu ambiente e sistema é pequeno, há poucos usuários (menos de 10) e então terá poucas sessões concorrentes, uma boa opção será a versão IDS Express licenciado por usuários autorizados ou sessões simultâneas, onde o minimo de 5 licenças devem se adiquiridas.
  • Se seu ambiente for pequeno e com poucos usuários, mas necessitar de recursos de paralelismo , carga de alta performance, otimização e fragmentação de tabelas e indices, a opção será o IDS Enterprise, licenciado por usuários autorizados ou sessões simultâneas.
  • Se o ambiente for um sistema pequeno mas possuir uma quantidade de usuários considerável, vamos supor cerca de 40 usuários, você poderá escolher entre IDS Express e Workgroup, mas a opção de licenciamento já seria recomendável trabalhar com a licença por PVU ou Socket no caso do Workgroup.
  • Se o sistema já tiver um porte maior, com uma base de dados considerável (vamos supor maior que 150 GB), com tabelas grandes e muitos usuários concorrentes (100 usuários), já é recomendável o IDS Enterprise com licenças por PVU.

Enfim, os exemplos acima são apenas suposições. Para avaliar qual versão do banco e licença você irá utilizar, tenha sempre em mente os itens abaixo:

  1. Qual marca e modelo de maquina será utilizado o banco, por exemplo: Maquina HP, modelo N9000, ou um IBM Blade JS20.
  2. Qual a arquitetura do processador: CISC x86 32bits, RISC SPARC, PA-RISC HP 64bits, RISC IBM 64bits, etc...
  3. Quantos Cores (CPUs) possui a maquina e qual a marca/modelo da CPU : Intel Pentium 4 , Intel Core 2 Dual, UltraSPARC II, POWER-PC 1.2, ...
  4. Quantos Sockets (chips) de CPU possui a maquina.
  5. Se o ambiente é virtualizado: VMWare, LDoms, Zones, XEN, etc...
  6. Quantidade máxima de usuários conectatos simultaneamente no banco de dados
  7. Quantidade de sessões unicas por ID conectadas no banco de dados.
  8. Se irá utilizar recursos de paralelismo
  9. Se irá utilizar recursos de particionamento de tabela/indice
  10. Se irá utilizar recursos de reorganização on-line.
  11. Se irá utilizar recursos de backup/restauração paralela (onbar)
  12. Se irá utilizar recursos de criptografia.
  13. Se tem interesse em utilitários de carga de alta performance.
  14. Se tem interesse em recursos de Alta-Disponibilidade
  15. Se tem interesse em recursos de disponibilidade continua.
  16. Se tem interesse em recursos de Data WareHouse
  17. Se tem interesse em recursos de Replicação de dados
  18. Se tem interesse em otimização de storage (compactação).
  19. Se o ambiente é uma atualização de uma versão de Informix já em uso.
  20. Se o ambiente é uma migração de outro banco de dados.

Links


Os links abaixo são referênciados em alguns trechos das licenças e podem ser uteis.
http://www.ibm.com/software/lotus/passportadvantage/subcaplicensing.html
ftp://ftp.software.ibm.com/software/smb/pdfs/LicensingGuide.pdf
http://www.ibm.com/software/lotus/passportadvantage/pvu_licensing_for_cu...

4.5
Média: 4.5 (2 votos)
Sua avaliação: Nenhum

Excelente artigo !

Olá, César Primeiro... parabéns pelo artigo, muito bom as informações na internet sobre o informix ainda são um pouco deficientes para quem não tem um inglês apurado, e a maneira com que você colocou no artigo da um norte muito bom para quem está buscando informações sobre esse assunto. Obrigado!

Obrigado!

Obrigado Adalto!
Uma das minhas intenções com o site é justamente essa, ajudar e "apontar o norte" para quem está começando com o Informix. Ele possui muita, mas muita documentação disponível, porém tudo em Ingles e as vezes não tão faceis de achar para quem ainda não conhece os principais sites de Informix no mundo (planetids, informix-zone, iiug, etc).
Abraço
César

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Você pode usar tags BBCode no texto.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Este teste é para bloquear programas automatizados e previnir spams
CAPTCHA de Imagem
Digite o texto exibido na imagem.